PECADORES CONFESSOS...

sábado, 26 de junho de 2010

Para os breves...


O tempo é um sopro de vento
Um lugar nenhum
Um invento
Não sei que vida comum
Eu lamento
Se cada dia que passa
Minha voz embaraça
Com o tempo...

O tempo é um sopro de vento
Um súbito e frio sentimento
De todos os arrepios
que eu alimento
O único vazio
È o inverno arredio
do tempo...

O tempo é um sopro de vento
É o som do momento
da minha partida
E das muitas saídas
do meu pensamento
a única despedida
é a interminável ferida
do tempo.




p.s: Ontem, há um ano, morria Michael Jackson. O tempo voa, e me inspirou esse poema. R.I.P Michael...
Share/Save/Bookmark

Um comentário:

Mila disse...

Linda sua poesia!

O tempo nos é aliado e professor.

Bjs linda

Mila Lopes

Related Posts with Thumbnails