PECADORES CONFESSOS...

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

A maior riqueza do homem
é a sua incompletude.
Nesse ponto sou abastado.
Palavras que me aceitam como
sou - eu não aceito.
Não agüento ser apenas um
sujeito que abre
portas, que puxa válvulas,
que olha o relógio, que
compra pão às 6 horas da tarde,
que vai lá fora,
que aponta lápis,
que vê a uva etc. etc.
Perdoai
Mas eu preciso ser Outros.
Eu penso renovar o homem
usando borboletas.
Manoel de Barros(19/12/1916 - 13/11/2014)
Share/Save/Bookmark

A menina e o vento



No meio do mundo
a menina pára
engasgada com o vento
sem deixar o pensamento
avançar a caminhada
No meio do mundo
gira a mandala
e a menina pára
no tempo

No meio do mundo
a menina exala
e pensa, e fala
e muda o momento
mais uma essencia
mais um invento
No meio do mundo
De tanto esperar
a menina escapa
do movimento

No meio do mundo
num instante intenso
a menina pára
enxerga um começo
No meio do mundo
em passos lentos
sem memória. nem intento
só o tempo que sabe a história
da menina que chora
e o vento.


- Ana C Monteiro

Share/Save/Bookmark
Related Posts with Thumbnails