PECADORES CONFESSOS...

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Rebelde


Na minha vida junto os pedaços
Num chão de sonhos partido
Num rastro de amores ferido
Na ponta dos pés eu abro os braços

Levo sempre tudo comigo
Perco o equilíbrio, e o espaço
Minha fala manca, meus passos
Meu verso torto é meu abrigo

O meu longo caminho
é um pequeno ninho
de enormes fendas
e eu vivo no encalço
não espero que entendas
os meus percalços
minha vontade é um vicio
e minha tristeza, um arbítrio.
(by Claudinha)

Share/Save/Bookmark

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails