PECADORES CONFESSOS...

terça-feira, 20 de julho de 2010

Aos meus amigos...




Amor que não se acaba
Amor que se iguala
em todos os momentos;
Amor que se contenta
com o seu intento
Do lado esquerdo não se separa…
Amor de presente
que ouve e que fala
Amor que resvala
nos poros da gente
Amor que se encontra
no meio da estrada
Amor que se aponta
sem medo, sem nada…
Amor que não trai
e nem se arrepende
Amor que se entende
com quem se chegar;
Amor que critica
e que comprimenta
amor que acalenta e
não sai do lugar.
Amor que é por amar
Sem inverno, sem sacrifício
É um amor que não beija
não encarna, não deseja
Amor que é um exercício
da propria delicadeza
Sua força, sua beleza
está na ausência do vício.


Share/Save/Bookmark

2 comentários:

Grafite disse...

"Sua força, sua beleza
está na ausência do vício."

BELO!

beiijo,
*.*

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Claudinha! Estava passando quando avistei o teu espaço, invadi, gostei e não resisti em dizer que ele é muito bonito, interessante e bastante aconchegante.

Quanto ao post, o amor é lindo. O amor é um dos maiores fomentos da nossa existência.

Beijos e fiques na paz de DEUS.

Furtado.

Related Posts with Thumbnails