PECADORES CONFESSOS...

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Química


Um olhar, um simples olhar
Uma flecha contra os sentidos
inflada do veneno de amar
rasgando todos os tecidos

Um olhar de chuva, olhar de mar
contra qualquer sorriso triste
transbordando o desejo, o ar
lavando o medo, que insiste

É um olhar de luz, de luar
Um olhar fixo entre os dedos
fazendo o sexo penetrar
revelar os velhos segredos

É um olhar típico do olhar
que estanca o sangue, e a sorte
reiventa o vício, para provocar
em todo o libido, a morte.

Share/Save/Bookmark

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails